Sinfazfisco – MG
Arquivo

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL DECIDE A FAVOR DO APOSTILAMENTO

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL DECIDE A FAVOR DO APOSTILAMENTO
 
Supremo Tribunal Federal decide a favor do apostilamento em face da transformação em vantagem pessoal e declara que servidor tem direito adquirido a regime jurídico.
O departamento jurídico do SINFFAZ, através de seus advogados, ajuizou ação em favor de filiados cujas apostilas foram transformadas em vantagem pessoal. No caso do gestor Marcus Vinícius Bolpato da Silva, o Ministro Marco Aurélio proferiu sua decisão através do despacho cuja  íntegra segue abaixo: 
 
 
 
 
DECISÃO
 
RECURSO EXTRAORDINÁRIO – VIOLÊNCIA À CONSTITUIÇÃO FEDERAL – AUSÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO – AGRAVO DESPROVIDO.
 
 
1.            Na interposição deste agravo, foram atendidos os pressupostos gerais de recorribilidade. A peça, subscrita por procuradora do Estado, restou protocolada no prazo dobrado a que tem jus o agravante, tendo havido o traslado das peças previstas em lei.
 
              Não procedem os argumentos sustentados pelo Estado. O Tribunal de origem assentou haver logrado o recorrido a “incorporação do apostilamento em seus vencimentos” (folha 142), afastando a incidência de lei nova. Resguardou, isso sim, a observância do princípio da legalidade estabelecido no artigo 37 da Constituição Federal, consignando a não-retroatividade da norma quanto a servidor cujo título foi apostilado. É hora de perceber-se não haver espaço para empolgar-se a máxima segundo a qual não existe direito adquirido a regime jurídico. Vivem-se ares democráticos e essa visão mostra-se incompatível com o verdadeiro Estado Democrático de Direito.
 
2.            Conheço do agravo e o desprovejo.
 
3.            Publiquem.
 
Brasília, 23 de julho de 2007.

 
Ministro MARCO AURÉLIO
Relator
 
Vale pontuar que tal decisão ainda cabe agravo regimental a ser interposto pelo Estado.
 
fonte: Diário da Justiça de 28.08.2007

Notícias Relacionadas

Carta aos Auditores – Leia aqui!

integrate

SINFFAZ assina termo de cooperação com a UFMG

integrate

Fique ligado no Congresso Sindical da OAB

integrate