Sinfazfisco-MG
Arquivo

Supersimples é mais uma vez questionado no Supremo

Mais uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a lei que criou o Supersimples foi ajuizada no Supremo Tribunal Federal. Dessa vez a parte autora é a Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite). O órgão questiona a Lei Complementar 123/06, que instituiu novo regime jurídico tributário para as micro e pequenas empresas, conhecido como Supersimples.
Para a Febrafite, apesar de afirmar que a lei seria complementar ao artigo 146, parágrafo único, alíena ‘d’ da Constituição Federal, na verdade o legislador federal teria extrapolado os limites estabelecidos pela Constituição. Isto porque, o Supersimples cria um novo tributo federal que engloba, dentre outros, ICMS e ISS.
A ação pede que STF suspenda liminarmente a eficácia dos dispositivos questionados, “ainda que por meio de declaração interpretativa conforme a Constituição”. E, no mérito, que declare a inconstitucionalidade dos dispositivos.
A Associação Nacional dos Procuradores de Estados (Anape) e a Confederação dos Servidores Públicos do Brasil questionam a lei que criou o Supersimples no STF.
ADI 3.910
Fonte: Revista Consultor Jurídico, 30 de junho de 2007

Related posts

Convocação ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Leandro 4infra

Novas Ações Judiciais para os Filiados

Leandro 4infra

Gestores Fiscais comparecem em massa na Audiência Pública de Minas Gerais

Leandro 4infra