Sinfazfisco – MG
Arquivo2

Por que SINFFAZ Fisco?

Ultimamente os filiados ao SINFFAZ, representante legal e histórico dos Gestores e Auditores Fiscais de Minas Gerais, puderam perceber que o Sindicato vem utilizando em suas publicações o nome SINFFAZ Fisco. No entanto, poucos perceberam que a nomenclatura oficial do Sindicato também mudou, passando sua antiga denominação de “Sindicato dos Técnicos em Tributação, Fiscalização e Arrecadação de Minas Gerais” para “Sindicato dos Servidores da Tributação, Fiscalização e Arrecadação do Estado de Minas Gerais”.

Esta alteração, aprovada em Assembleia Geral Extraordinária do dia 30 de setembro de 2014, demorou para ser efetivada devido aos tramites cartorários e registrais. A Diretoria anterior propôs a mudança, visto que o antigo nome não mais refletia a atual nomenclatura dos cargos representados pelo SINFFAZ (Gestores e Auditores Fiscais), além do que, o nome “técnicos”, quando foi dado ao Sindicato, tinha a conotação de “perito, expert”, segundo a definição de Michaelis, como descrito abaixo:

técnico
téc.ni.co
adj (gr tekhnikós, de tekhné1 Relativo a uma arte ou ramo específico de atividade. 2 Que tem técnica. sm 1 Aquele que é perito ou versado numa atividade: O parecer dos técnicos

No entanto, “adversários do SINFFAZ” (quanto a representatividade do Auditor Fiscal) vinham denegrindo essa nomenclatura, por maldade ou ignorância, como se tais “técnicos” representassem servidores de nível médio de escolaridade, o que sabemos, não é verdade.

Os “técnicos”, daquela denominação, referiam-se exatamente aos “peritos, expert’s” em Tributação, Fiscalização e Arrecadação, no caso GEFAZ e AFRE, que como gostam de dizer alguns consultores jurídicos detém a “expertise” nas referidas áreas, claro, por expert’s que são. Desvirtuar o sentido legal e etimológico do termo “técnicos”, contido no nome anterior do SINFFAZ Fisco, tinha o principal intuito de diminuir ou menosprezar um dos cargos representados por este Sindicato, promovendo inescrupulosamente uma segmentação entre os cargos, que são ambos, comprovadamente, as Autoridades da Administração Tributária de Minas Gerais, como publicado em Livro, Revista e Parecer pelos Doutos Doutrinadores Hugo de Brito Machado e Hugo de Brito Machado Segundo. Clique aqui para ler mais sobre o assunto.

Citação Livo Hugos

Feita essa discussão e definidas as alterações da Razão Social do Sindicato, uma Reunião de Diretoria tratou do assunto e também decidiu pela alteração da logo do Sindicato. Nesse sentido, a Diretoria decidiu manter a sigla SINFFAZ, um nome já reconhecido em âmbito Estadual e Nacional, além de incluir ao logotipo a palavra FISCO.

A vinculação do SINFFAZ a FISCO é algo natural, visto que há 25 anos o SINFFAZ é o representante legal e histórico dos Gestores e Auditores Fiscais, além de ser o pioneiro da área, como o PRIMEIRO SINDICATO DO FISCO MINEIRO, devendo, mais do que qualquer outro, ostentar com orgulho sua ligação com a classe dos “Expert’s em Tributação, Fiscalização e Arrecadação” do Estado, ou seja, apresentando a todos de forma clara que o SINFFAZ representa os “Fiscais de Tributos” do Estado de Minas Gerais (Gestores e Auditores).

Dessa forma, o SINFFAZ ficou autorizado a utilizar a marca SINFFAZ Fisco e a mudar seu logotipo, o que vem sendo feito nesta fase do processo. Seguindo esta etapa, o SINFFAZ Fisco apresenta sua nova logo, que a partir de agora será veiculada em nosso site, televisão, jornais e em todas as nossas publicações.

LOGO SINFFAZ 2015 RGB

Esta renovação da marca é fruto de um estudo feito pelo Departamento de Comunicação do SINFFAZ, que realizou uma pesquisa e tratou a referida mudança de modo que a nova logo do Sindicato permanecesse ideológica, simbolizada pelo já conhecido triângulo vermelho de Minas (que um dia já fora verde), assim, preservando a história sem deixar de acompanhar o crescimento e a modernização pelo qual os cargos representados irão passar nos próximos anos.

Evolução do Logo SINFFAZ RGB

A Diretoria informa que as alterações no logotipo serão implementadas desde já, mas serão mantidas em caráter provisório, para que na AGE de março de 2015, com data ainda a ser definida, seja então submetida à aprovação da categoria, quando então passará a ser utilizada de forma definitiva em todas as suas publicações e inserções na mídia envolvendo o Sindicato.

A DIRETORIA

Notícias Relacionadas

Rádio SINFFAZ

integrate

Presidente da FEBRAFISCO concede entrevista à TV Globo para falar sobre a reforma da Administração Tributária

integrate

SINFFAZFISCO participa do 33º Congresso Mineiro de Municípios

integrate