Sinfazfisco – MG
Arquivo

Iniciativa para criar cargos é do Executivo diz STF

É iniciativa do Poder Executivo legislar sobre a organização do quadro de pessoal na administração direta ou de autarquia. O entendimento é do Plenário do Supremo Tribunal Federal, que considerou por unanimidade inconstitucional a Lei Complementar 178/99, de Santa Catarina,
Segundo o ministro Ricardo Lewandowski (relator), o STF já tem jurisprudência consolidada sobre o tema. Para ele, a lei complementar estadual infringe o artigo 61, parágrafo 1º, da Constituição Federal. O ministro ressaltou que a lei dispõe sobre vantagens de pessoal sem indicar a verba orçamentária pertinente.
Para o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique (PMDB), a lei, que dispunha sobre a organização do quadro de pessoal da Secretaria de Segurança Pública do estado, aumentaria as despesas, sem previsão orçamentária para concessão de vantagem financeira ao pessoal ativo e inativo.
Em 1999, o Supremo já havia julgado a liminar e atendido ao pedido. Com isso, a eficácia da lei foi suspensa até o julgamento final da ação.
Fonte: Revista Consultor Jurídico, 5 de junho de 2007

Notícias Relacionadas

Comissão debate no dia 21 venda de créditos do Banco Open pela MGI

integrate

Direitos Garantidos

integrate

Executivo quer criar corregedoria na Secretaria de Fazenda

integrate