Sinfazfisco – MG
Arquivo

Veja a matéria do Jornal aqui!

Receita recuou 19,1% em março sobre mesmo mês do ano passado, de R$ 2,716 bi para R$ 2,196 bi.
Pelo sexto mês consecutivo, Minas Gerais registrou queda na arrecadação. Em março o recolhimento chegou a R$ 2,196 bilhões, ante os R$ 2,716 bilhões arrecadados no mesmo mês do ano passado, uma redução de 19,1%. Já na comparação com fevereiro, quando foram apurados R$ 2,116 bilhões, houve crescimento de 3,7%.

No acumulado do primeiro trimestre as receitas estaduais somaram R$ 7,167 bilhões, uma redução de 7,7% frente o montante recolhido no mesmo intervalo do ano passado, que atingiu a cifra de R$ 7,768 bilhões. Os dados são da Secretaria de Estado de Fazenda (SEF).

Responsável pela maior fatia da arrecadação, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) registrou recuo de 10,7% em março na comparação com o mesmo mês do ano passado, caindo de R$ 1,798 bilhão para R$ 1,604 bilhão. Ante fevereiro, quando o valor chegou a R$ 1,623 bilhão, o recuo foi de 1,2%. No primeiro trimestre, a arrecadação do ICMS alcançou R$ 4,951 bilhões, configurando uma queda de 6% nas receitas com o imposto em relação ao mesmo intervalo do ano passado (R$ 5,268 bilhões).

Na indústria, o ICMS arrecadado em março somou R$ 795 milhões, queda de 29% em relação a março de 2008 (R$ 1,121 bilhão) e crescimento de 0,6% contra fevereiro (R$ 790,648 milhões). No trimestre o imposto recolhido chegou a R$ 2,457 bilhões ante os R$ 3,055 bilhões arrecadados no mesmo intervalo do ano passado, recuo de 19,5%.

Entre os setores destacados, o extrativo mineral apresentou redução na arrecadação do tributo em 84,8%, entre março de 2008 e de 2009, caindo de R$ 103,912 milhões para R$ 15,782 milhões. Em relação a fevereiro (R$ 21,739 milhões) o recuo foi de 27,4%. De janeiro a março o recolhimento foi de R$ 66,943 milhões, queda de 63,2% ante o apurado no mesmo período de 2008 (R$ 182,217 milhões).

A arrecadação do ICMS na produção de combustíveis caiu 4,5% em março, na comparação com o mesmo mês de 2008, passando de R$ 286 milhões para R$ 273 milhões. Ante fevereiro (R$ 289 milhões) o recuo foi de 5,5%. De janeiro a março o recolhimento bateu em R$ 879 milhões, queda de 1,4% ante o apurado no mesmo período de 2008 (R$ 892 milhões).

IPVA – Em março a arrecadação do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) totalizou R$ 334 milhões, ampliação de 15% em relação aos R$ 290 milhões recolhidos no mesmo mês de 2008. Na comparação com fevereiro (R$ 316 milhões) o crescimento foi de 5,6%.

No primeiro trimestre a arrecadação do IPVA atingiu R$ 1,520 bilhão, cerca de 80% do total de R$ 1,920 bilhão previsto até março, quando terminou o prazo para quitar o tributo. De acordo com informações da Secretaria de Estado da Fazenda (SEF), o montante foi 7% superior ao pago no mesmo período de 2008, que somou R$ 1,420 bilhão.
 ALINE LUZ
Fonte: Diário do Comércio
 

Notícias Relacionadas

Pesquisa mede grau de satisfação com o Minas Fácil

integrate

Reunião para votação do PL 3843/2013 foi mais uma vez adiada

integrate

STF impede redução salarial de servidores mineiros processados criminalmente

integrate