Sinfazfisco – MG
Arquivo

Tranquilidade nas 13 seções eleitorais

Durou nove horas. Das oito da manhã às cinco da tarde. Um processo eleitoral direto, transparente e democrático. Foi assim a votação para a escolha da nova Diretoria do Sinffaz para o triênio 2012/2014. Os Gestores Fazendários utilizaram além dos Correios, as treze seções eleitorais espalhadas em todo o Estado para registrar seu voto. Na sede do Sindicato da categoria em Belo Horizonte, o primeiro voto foi de Geraldo Franco Moura, vinte anos de carreira e hoje aposentado. Após pegar a cédula, Geraldo não demorou. Ele precisou de apenas trinta segundos para decidir em quem votar. Geraldo disse ainda: “Já participei de cinco processos eleitorais no Sindicato e este me pareceu o mais tranquilo”.
 
 

                   Geraldo Franco Moura
 
 
Percorrendo outros locais como a AF da rua da Bahia, a animação era visível, uma corrente positiva nas palavras de cada servidor que deixava na urna seu voto. Neste local votou também pela manhã o candidato a Presidente da Chapa Segunda Opção, Alair Rodrigues Oliveira. Ele não arredou pé, acompanhando alguns companheiros que um por um, deixava oficializada sua preferência.  Sorridente e confiante, Alair agradeceu aos colegas que se candidataram com ele e afirmou estar pronto para colocar em prática uma nova política de ação que vai beneficiar todos os Gestores de Minas.
 
Já o candidato da Chapa Resgate, União e Dignidade Marcus Vinícius Bolpato, deixou de votar em Juiz de Fora, cidade onde mora. Ele pegou a estrada para votar e torcer na capital. Marcus votou no Sindicato. Confiante, ele não evitou ”espero que a vitória seja da Chapa mais preparada, engajada e comprometida com a categoria. Se eleito, espero fortalecer ainda mais o trabalho que começou com a atual gestão”.
 
No sétimo andar do prédio Gerais da Cidade Administrativa, a votação transcorreu de forma tranquila. A cada intervalo e pausa no trabalho, os Gestores aproveitavam para passar na sala da Sutri e votar. Sabendo da importância do processo eleitoral para toda a categoria, teve servidor que ao invés de enviar o voto pelos Correios, foi de carro e até pegou ônibus para votar, como afirma Luciana, uma das designadas para compor a mesa de votação ao lado de Eliacim.
 
A apuração e contagem dos votos está marcada para o próximo dia 30 de novembro, quarta-feira. Até lá vale palpite e muita conta para quem quiser saber quem terá a responsabilidade de representar uma categoria de servidores que são 1.500 na ativa e quase 3.000 aposentados. Mas uma coisa é certa. O trabalho ano quem vem será maior e mais desafiador. As duas Chapas sabem disso. Alguém duvida?

 
Veja aqui as fotos da Eleição!

Notícias Relacionadas

Próxima turma de pós-graduação já está prevista

integrate

MG celebra protocolos ICMS/ST com outros Estados

integrate

SINFFAZ com Deputados Federais em Brasília

integrate