Sinfazfisco – MG
Arquivo2

SINFFAZ responde ataques do Sindifisco na mídia

Com o objetivo de reestabelecer a verdade diante da publicação do Sindifisco, do dia 05 de outubro de 2014, na seção Leitor da Editoria Opinião do jornal O Tempo, que questionou a existência do SINFFAZ e a representatividade dos servidores da Administração Tributária do Estado de Minas Gerais atacando a credibilidade da entidade, o SINFFAZ vem a público prestar os seguintes esclarecimentos:

O SINFFAZ foi fundado em 1989. Portanto, conta com mais de 25 anos de existência na defesa dos interesses dos servidores do fisco mineiro. O SINFFAZ existe!

O Ministério do Trabalho concedeu carta sindical ao SINFFAZ, através da qual determinou que é dever desse sindicato, não só a representação dos Auditores Fiscais da Receita Estadual de Minas Gerais, como também dos Gestores Fazendários do Grupo de Tributação, Fiscalização e Arrecadação.

Desta maneira é inquestionável que o SINFFAZ existe e é seu dever representar os servidores da Administração Tributária do Estado de Minas Gerais.

Como se sabe, não é a denominação do sindicato que determina a sua representatividade, mas o registro sindical deferido pelo MTE, que lhe confere o direito de representar todos os servidores da Administração Tributária Mineira: os Gestores Fazendários e Auditores Fiscais da Receita Estadual.

Segue abaixo a referida publicação:

ot05102014

A resposta foi enviada à redação do jornal O Tempo e será publicada como direito de resposta, já que além de questionar o SINFFAZ ainda coloca em dúvida a credibilidade do veículo e dos profissionais envolvidos, que realizam pesquisas antes de entrar em contato com suas fontes para redigirem uma matéria, além de contestar a ética jornalística e o compromisso com a verdade com que os profissionais de ambas as entidades trabalham.

Notícias Relacionadas

Gestora Fazendária de Minas Gerais assume Presidência Estadual de partido

integrate

Doutores Hugo de Brito Machado concedem entrevista à TV SINFFAZ e falam sobre temas abordados no livro

integrate

Secretário de Fazenda do Pernambuco defende a implementação da LOAT e o Cargo Único na Administração Tributária

integrate