Sinfazfisco – MG
Arquivo

SINFFAZ participa de Café Sindical e discute a Convenção 151 da OIT

O SINFFAZ participou nesta quinta-feira, dia 25, da 3ª edição do Café Sindical, uma iniciativa do SINDIRECEITA-MG, SITRAEMG e SINASEMPU. O evento tem como objetivo reunir representantes de sindicatos de diversas categorias para discutirem pontos em comum da luta sindical.

Ao todo vinte representantes de sindicatos estiveram presentes na reunião:

·        Gilson Reis – Vereador
·        Leonardo Catão – Diretor de Assuntos Jurídicos do SINDIRECEITA-MG
·        Mari Lucia – Diretora de Comunicação do SINDIRECEITA-MG
·        Thiago Camargo – Consultor Jurídico do SINDIRECEITA-MG
·        Paulo Ribeiro – Delegado Sindical de Porto Alegre do SINDIRECEITA-RS
·        José Vicente – Delegado Sindical Adjunto de Brasília do SINDIRECEITA
·        Débora Mansur – Coordenadora de Relações de Trabalho e Saúde do SITRAEMG
·        Anestor da Cunha – SINASEMPU
·        Marcus Vinícius Bolpato – Presidente do SINFFAZ
·        Francisco Lyra Jr – Delegado Sindical de Belo Horizonte do SINDIFISCO Nacional
·        Bruno Reis – Presidente da Comissão de Direito Sindical da OAB
·        Geraldo Arco Verde – Diretor do PT/BH
·        Carlos Magno – Vice-Presidente da CUT
·        Lacy Pedrosa – Associação dos Auditores Fiscais do Trabalho
·        Eulália Alvarenga – Coordenadora do Núcleo Mineiro da Auditoria Cidadã da Dívida
·        Rodrigo Porto – Presidente do SINPEF/MG
·        Christian Ribeiro – Vice-Presidente do SINPEF/MG
·        Mauro Cattabriga – Representante do SINAL
·        Wander Ribeiro – Presidente do SINDOJUS e Vice-Presidente da FOJEBRA
·   Jonathan Porto – Diretor Administrativo e Jurídico do SINDOJUS e Secretário-Geral da FOJEBRA

A reunião teve como tema central a “Convenção 151 da OIT e os reflexos na atuação dos sindicatos de servidores públicos”, assunto discorrido pelo Vereador Gilson Reis e debatido entre os presentes. Temas como o direito de greve, negociação coletiva, liberação de dirigentes sindicais em respeito a livre organização sindical e a necessidade da união sindical foram abordados.

O Presidente do SINFFAZ, Marcus Vinicius Bolpato, levantou questões importantes, como a busca de um consenso entre os servidores dos serviços essenciais, para a consolidação de propostas para um percentual mínimo de servidores que permanecem trabalhando quando da ocorrência de greve; a definição da quantidade mínima de dirigentes liberados por sindicato sendo levado em conta para a liberação o número de representados e não de filiados, considerando que a filiação é espontânea e a representação obrigatóriamente de todos, filiados e não filiados. Citou, como exemplo, caso de sindicatos que tem de representar servidores que trabalham com lotação distribuída por todo o imenso território mineiro  e contam apenas com um dirigente liberado.

Também foram levantadas questões debatidas no I CONSAT – I Congresso dos Servidores da Administração Tributária do Estado de Minas Gerais, como o “Cenário Político e a regulamentação”, palestra proferida pelo Desembargador Aposentado, Antônio Alvarez. A partir deste ponto, a representante do SITRAEMG, Débora Mansur, e a Diretora de Comunicação do SINDIRECEITA-MG, Mari Lucia, fizeram uma importante avaliação sistêmica do mecanismo político.

Ao final da reunião foram realizados encaminhamentos sobre o assunto, o que resultou na criação de uma comissão de trabalho, que tem como meta formatar, em alguns meses, propostas sólidas para repercutir em audiências públicas e seminários para a difusão do assunto.

Foi ratificada a necessidade da união entre os sindicatos, deixando de lado as peculiaridades e diferenças, objetivando um fortalecimento nas decisões, unidade de pensamento nos pontos comuns carreando melhoria para todas as categorias.

Veja no link abaixo mais fotos da reunião

Notícias Relacionadas

Minas Gerais, grandes dimensões e diferenças!

integrate

Força para o Projeto de Incremento da Arrecadação

integrate

Indignação da Presidente do SINFFAZ

integrate