Sinfazfisco – MG
Arquivo

Sinffaz apresenta mais dados sobre irregularidades nas AFs

A polêmica sobre a atuação de terceirizados e servidores públicos nas vagas destinadas para os Gestores, dentro das Administrações Fazendárias de todo o Estado, continua mobilizando as ações do Sindicato em busca de soluções. Depois da entrega de processos denunciando as irregularidades ao Ouvidor Geral do Estado, Desembargador Lúcio Urbano, o Sinffaz reuniu-se com o Ouvidor de Fazenda, Patrimônio e Licitações Públicas, Gustavo Nassif, nesta quarta-feira, 26 de março, com o objetivo de fornecer mais dados sobre as ações defendidas pelo Sindicato.
 
“Pedimos preliminarmente mais informações para a Secretaria de Fazenda, mas ainda não tivemos resposta. Acredito que talvez, dada a dimensão da reclamação do Sindicato, o caso mereça uma reflexão mais profunda por parte do Secretário Simão Cirineu”, comentou o Ouvidor Nassif, reconhecendo a lentidão da SEF em apresentar um parecer sobre as denúncias.
 
De acordo com o Ouvidor, foi expedida uma carta destinada ao Secretário da SEF, Simão Cirineu, três dias depois da primeira visita do Sinffaz ao órgão (realizada no dia 21 de fevereiro). “Despachei o mais rápido que pude o material para a Secretaria, onde apresento as supostas irregularidades e peço uma averiguação para o caso”, afirma.
 
Demonstrando atenção e preocupação com as reivindicações apresentadas, Nassif ressaltou que fará o que estiver ao seu alcance para encontrar uma solução justa. “A Ouvidoria não tem competência para julgar, o papel que vamos desempenhar é de mediador entre as partes. O que posso garantir é que vou acompanhar o desenvolvimento do processo e manter o Sindicato informado sobre qualquer decisão”, garante.
 
Neste encontro, a Presidente Diva Jannotti reforçou a atuação do Sinffaz entregando novas evidências para o processo. “Realizamos uma pesquisa com todas as AFs, cidade por cidade, para verificar qual o número exato de Gestores, terceirizados, contratados, estagiários e municipais. E o resultado comprovou as irregularidades. O que está acontecendo é um absurdo”, enfatizou Diva ao pedir mais agilidade da SEF para resolver o problema.
 
Todo o conteúdo, bem como o quadro de funcionários, está no jornal O Gestor, que traz também a opinião de outros setores da sociedade sobre a terceirização nas AFs.

Notícias Relacionadas

TJ cria Conselho Gestor do Sistema CNJ

integrate

Reunião marcada na SEF/MG

integrate

Arrecadação cai R$ 2 bi no estado

integrate