Sinfazfisco – MG
Arquivo

Sindifisco-MG mente mais uma vez!

No dia 09 de fevereiro de 2010, o presidente do Sinffaz, Paulo César Marques da Silva, enviou ao Subsecretário de Receita Estadual, Pedro Meneguetti, e ao Secretário de Estado de Fazenda, Simão Cirineu, uma Nota de Repúdio, via e-mail.
 
Nota de Repúdio
 
No e-mail, o Presidente do Sinffaz, pediu esclarecimentos sobre o Informe Sindifisco-MG nº11, publicado pelo Sindifisco-MG, no dia 05 de fevereiro,  contendo dados que só poderiam ser obtidos através de acesso às informações privilegiadas junto ao “Staff” da SEF/MG.
 

 

Veja a matéria publicada pelo Sindifisco-MG!
Informativo Sindifisco-MG  –  nº11

 
Paulo César também enfatizou que esse tipo de situação traz transtornos e prejuízos em nossa ação sindical e solicitou a adoção das providências cabíveis por parte da Fazenda para que os dois sindicatos sejam tratados de maneira igual. “
 
Na manhã no dia 10 de fevereiro, o Subsecretário da SRE, ligou para o Sinffaz, declarando que a publicação do Sindifisco-MG não contêm fundo de verdade. A SRE declarou que não repassou nenhuma informação ao Sindifisco-MG e que não há decreto a ser publicado até o momento. Pedro Meneguetti informou também que o Decreto sobre o Plus é público e foi publicado em 2008 e que, assim que tiver uma posição sobre o Plus, esta será amplamente divulgada aos Sindicatos.
 
“Como podemos observar, a atual administração do Sindifisco-MG, na tentativa de mostrar serviços aos seus filiados, continua a publicar inverdades. Da mesma maneira como ocorria durante toda a Gestão anterior. Como exemplo, o caso da Advocacia Geral do Estado (AGE) sobre a “Proposta do Sinffaz e da Asseminas para o Incremento da Arrecadação”. Na ocasião o Sindifisco-MG publicou em seu site que a AGE havia dado nossa Proposta como inconstitucional, o que também foi desmentido pelo Sinffaz”, alerta Paulo César.
 
Veja a matéria sobre o caso:
http://www.sinffaz.org.br/ler_noticia.php?id=1121
  

Notícias Relacionadas

Órgão público e funcionário respondem por ato ilícito

integrate

Analistas-tributários com mais poder

integrate

Presidente do Sinffaz se reúne com subsecretária de gestão

integrate