Sinfazfisco – MG
Destaque Reforma da Previdência

Sindicatos se reúnem na ALMG para discutir projetos do Governo do Estado

Dirigentes de entidades representativas dos servidores públicos de Minas Gerais se reuniram na tarde de ontem (03) para discutir medidas que combatam a retirada de direitos dos servidores, que serão encaminhadas por meio de projetos do Executivo à Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

A reunião, que ocorreu no Plenarinho I da ALMG, contou com a participação dos dirigentes sindicais de diversas categorias de servidores, dentre elas o Sinfazfisco-MG, representada por seu Presidente, Hugo René, pelos Diretores Marcelo Delão e João Batista, pela Coordenadora do Departamento Jurídico, Sarah Campos, e pelos Jornalistas Tiago Viana e Nínive Ramos. A reunião também contou com o apoio e a presença do Deputado Estadual Cristiano Silveira, que realizou uma análise da conjuntura política na Casa Legislativa e contribuiu com sugestões importantes para enfrentar as pautas polêmicas que estão por vir.

O encontro deu continuidade às discussões iniciadas em janeiro deste ano, com foco nas ações de mobilização dos servidores públicos, a fim de evitar prejuízos na tramitação das propostas de Reforma da Previdência Estadual e da adesão de Minas Gerais ao Regime de Recuperação Fiscal – RRF.

Zema afirma que “2020 será o ano da Reforma da Previdência em Minas”

A segunda-feira (03) também foi marcada pelo início dos trabalhos legislativos em 2020, com o evento solene de abertura dos trabalhos legislativos, que contou com a participação do Governador Romeu Zema e oito Secretários de Estado, dentro os quais estava presente o da Fazenda, Gustavo Barbosa.

Em seu pronunciamento, o chefe do Executivo afirmou que a situação do déficit fiscal de Minas Gerais só poderá ser revertida por meio de medidas urgentes, entre elas a reforma previdenciária, a adesão ao regime de recuperação fiscal e uma política pública de desestatização.

O Presidente da Assembleia Legislativa, Agostinho Patrus, respondendo ao Governador Romeu Zema, afirmou que a ALMG atenderá ao chamamento de cooperação, mas sem descurar da primazia do interesse público.

Notícias Relacionadas

Presidente do SINFAZFISCO-MG vai à Brasília acompanhar julgamento do STF

integrate

Feliz Natal e um Ano Novo cheio de conquistas!

Nínive Ramos

Minas Gerais e outros oito Estados pedem ao STF autorização para corte no salário dos servidores

integrate

Leave a Comment