Sinfazfisco-MG
Arquivo2

Justiça nega liminar contra o Banco do Brasil

Atendendo a reclamação de diversos colegas da SEF, correntistas do Banco do Brasil, o SINFFAZFISCO impetrou ação civil pública contra o BB, no sentido de fazê-lo consignar os valores dos empréstimos na folha de pagamento, ou então, debitar o valor somente na última parcela do salário parcelado que estamos recebendo. Essa matéria foi divulgada em nosso site (clique aqui).

Todavia, o Juiz da 6ª Vara Cível da Comarca de Belo Horizonte assim não entendeu e negou a liminar pleiteada (veja a decisão aqui). O SINFFAZFISCO já está recorrendo da decisão, todavia, a análise do mérito pode demorar. Por isso, orientamos que os colegas negociem com o banco uma data mais favorável para o débito de seus empréstimos e, se for o caso, até mesmo migrar seus empréstimos para outro banco que aceite uma melhor data.

A DIRETORIA

Related posts

I Ciclo de Seminários Reforma Administração Tributária em Teresina

Leandro 4infra

Rádio Autêntica FM: Ouça a participação do Presidente do SINFFAZFISCO no Programa Espaço Sindical

Leandro 4infra

SINFFAZFISCO convoca categoria para a votação do PL da Reestruturação

Leandro 4infra

Leave a Comment