Sinfazfisco – MG
Arquivo

Já funciona o esquema de transporte para a Cidade Administrativa

Sistema foi elaborado com base em pesquisa de demanda feita pela Seplag
 
O novo sistema de transporte que irá levar os servidores até a Cidade Administrativa já está em circulação. A linha de ônibus 6350 opera partindo da estação BHBus do Barreiro até a estação Vilarinho do metrô, passando pelas avenidas Tereza Cristina, Amazonas, Anel Rodoviário, Antônio Carlos, Dom Pedro I e Vilarinho. Outras três linhas entrarão em operação a partir do dia 22, partindo do Centro de Belo Horizonte e da estação do metrô São Gabriel e estação Venda Nova do BHBus.
A linha 65 sairá do Centro, passando pela rua da Bahia, avenidas Amazonas, Andradas e Antônio Carlos, com ponto final na estação Vilarinho, de onde o servidor terá gratuitamente uma linha de ônibus exclusiva para a Cidade Administrativa, localizada a apenas 5 quilômetros de distância e com tempo médio de viagem de sete minutos. Já a linha 8650 sairá da estação do metrô São Gabriel com itinerário pela avenida Cristiano Machado e rodovia MG-010. Nos horários de pico (das 7h30 às 9h e das 16 às 18h), o trajeto de todas as linhas será até a Cidade Administrativa e não apenas até a estação Vilarinho.
 
A linha 642 partirá da estação Venda Nova do BHBus e atenderá os passageiros pelas avenidas Padre Pedro Pinto, Vilarinho e Dom Pedro I. O desembarque também será na estação Vilarinho.
 
Mobilidade
 
O sistema foi desenhado para facilitar a mobilidade e garantir maior integração entre os ônibus e o metrô, de forma que o servidor utilize o máximo de dois ônibus ou um ônibus e o metrô no deslocamento de casa até o trabalho. “A nossa preocupação, de acordo com pesquisa que foi feita entre os servidores, foi que a BHTrans pudesse criar novas linhas para atender a essa demanda de forma que o servidor não tenha que fazer mais de uma troca de ônibus. Ele pode, por exemplo, pegar o ônibus próximo de sua residência até o metrô ou até uma linha troncal”, explicou a secretária de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena.
 
A pesquisa realizada com o funcionalismo apontou que cerca de 73% dos servidores pretendem utilizar o sistema de transporte público para chegarem à Cidade Administrativa. Foram criadas sete linhas de ônibus que utilizarão mais de 100 novos veículos, numa solução conjunta que envolveu a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas, BHTrans, CBTU Metrô BH e a Secretaria de Planejamento.
 
As outras três linhas já definidas entrarão em operação ao longo de 2010. A BHTrans irá fazer um acompanhamento diário da demanda e, à medida em que as transferências dos servidores forem ocorrendo, essas outras três linhas serão disponibilizadas. As linhas que já atendem à região da Cidade Administrativa também serão reforçadas à medida em que ocorrerem as transferências de todas as 18 secretarias e 25 órgãos públicos, prevista para encerrar em outubro deste ano.
 
As outras linhas farão uma ligação entre a região da Savassi e a estação Vilarinho e o Centro de Belo Horizonte e a estação Vilarinho. Uma delas será executiva, com ar-condicionado, e terá uma tarifa mais cara.
 
Fonte: Imprensa Oficial de Minas Gerais
http://www.iof.mg.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=2187&catid=50:destaques
 
 

Notícias Relacionadas

STJ ainda tem conflitos de competência

integrate

Minas e o Brasil avançam, mas deixam os servidores públicos pra trás

integrate

Procuradoria Geral da República exarou parecer opinando pela procedência da lei que unificou a carreira do fisco na SEFAZ/DF

integrate