Sinfazfisco – MG
Arquivo

Concurso para auditor tributário no DF está cancelado

A decisão de cancelar o concurso público para 50 vagas de Auditor Tributário mais cadastro de reserva foi da Secretaria de Administração Pública do Distrito Federal.
Os 8.101 candidatos que se inscreveram pagaram R$ 110. O valor da inscrição poderá ser solicitado junto á Fundação Universa, organizadora do certame.
O salário oferecido era de R$ 16,8 mil.
Segundo a nota divulgada, o cancelamento se deve à discussão na Câmara Legislativa do PL 559/2011 que reestrutura a carreira de auditoria tributária, unificando os cargos de auditor, agente fiscal e fiscal tributário em um único cargo de auditor-fiscal da Receita do Distrito Federal. “
Tal reestruturação pretende criar condições para otimizar os procedimentos de lançamento, arrecadação e fiscalização tributária, racionalizar a gestão de recursos humanos, harmonizar os interesses da Carreira e possibilitar o ingresso de novos servidores em um ambiente organizado, racional e harmônico”, diz a nota.
A secretaria afirma que a decisão de cancelar o concurso foi tomada após “diversos questionamentos administrativos e judiciais feitos pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal e o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios”.
O governo do DF diz ainda que pretende realizar outro concurso mais completo, com maior número de vagas, tão logo seja concluída a apreciação do PL 559/2011 pela Câmara Legislativa do DF.
Deptº. Comunicação Sinffaz
 
MINAS DEVE FAZER O MESMO
O governo do Distrito Federal está dando uma amostra de seriedade e maturidade. Em vez de realizar um concurso para AUDITOR TRIBUTÁRIO, o governo mandou um projeto de lei para a Câmara Legislativa, visando criar condições para otimizar os procedimentos de lançamento, arrecadação e fiscalização tributária; racionalizar a gestão de recursos humanos; harmonizar os interesses da Carreira; e possibilitar o ingresso de novos servidores em um ambiente organizado, racional e harmônico. Com esse ato, o governador do DF mostra comprometimento com o desenvolvimento do seu estado, zelo pela administração pública e respeito ao servidor.  Com certeza, um exemplo a ser seguido.

Barreto Júnior.

Notícias Relacionadas

Alteração na lei de licitações e contratos

integrate

Últimos dias para Inscrição de Chapas

integrate

Maior de 21 anos não ganha pensão por morte de servidor

integrate