Sinfazfisco – MG
Arquivo

Última Audiência Pública da PEC 186 acontece nesta segunda feira em Belo Horizonte

Aconteceu no dia 11 de novembro a penúltima Audiência Pública da Comissão Especial da PEC 186/2007. Esta edição, que ocorreu em Brasília, teve como foco o debate entre as instituições com representatividade nacional, como a FEBRAFISCO, que foi representada pelo Presidente, Paulo César Marques, e os Advogados Joelson Dias e Sarah Campos.

O Deputado Federal Roberto Policarpo, Presidente da Comissão Especial, contou com a participação de diversos Deputados Federais, como o Relator da PEC, Rogério Peninha, e demais membros da Comissão como os Deputados do PT, Amauri Teixeira, Artur Bruno, João Paulo Lima e Weliton Prado, os Deputados do PMDB, Akira Otsubo e Fabio Trad, o Deputado do PSDB, Wandenkolk Gonçalves, o Deputado do PR, Lincoln Portela, o Deputado do PDT, Marcos Rogério, o Deputado do PTB, Nelson Marquezelli, o Deputado do PCdoB, Daniel Almeida, e o Deputado do SDD, João Dado Leite.

Também participaram do debate a Presidente do SINAIT, Rosangela Rossi, a Presidente da ANFIP, Margarida Lopes de Araujo, o Presidente da FENAFISCO, Manoel Isidro, a Advogada da FENAFISCO, Adriana Scheir, a Presidente do SINDIRECEITA, Silvia Helena de Alencar, o Presidente do SINDIFISCO Nacional, Pedro Delarue, o Presidente da FENAFIM, Célio Fernando, dentre outros.

A celeridade da tramitação da PEC é destacada pelos Deputados da Comissão, que propuseram a levar a votação a plenário ainda em 2013.

No dia 18 de novembro, às 10 horas, no Teatro da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, acontece a última Audiência Pública da Comissão Especial da PEC 186, e nesta ocasião haverá espaço para demonstrar as peculiaridades do debate regional e a oportunidade de exemplificar o discurso apresentado pelo SINFFAZ e pela FEBRAFISCO, que defenderam os Gestores e Auditores Fiscais em todas as audiências, demonstrando a importância do cargo, que tem mais de 117 anos de história no fisco mineiro.

O SINFFAZ e a FEBRAFISCO também apoiam a emenda proposta pelos Deputados Weliton Prado e Bernardo Santana, que sugere alterações visando que a PEC seja democrática e garantindo respeito aos concursos públicos e a não exclusão de cargos da Administração Tributária, em Estados onde as carreiras do Fisco ainda não foram unificadas e/ou pacificadas.

Um dia após a Audiência Pública de Belo Horizonte, o Relator, Rogério Peninha, agendou a entrega do relatório da PEC 186, que será apreciado em Brasília por todos os membros da Comissão.

Assista a fala do Presidente do SINFFAZ, Marcus Vinícius Bolpato, durante a Audiência Pública de Campo Grande/MS, que, a exemplo de Minas Gerais, não tem uma situação pacífica entre os cargos da Administração Tributária do Estado:

Discurso SINFFAZ – PEC 186 – Campo Grande/MS

O Departamento de Comunicação do SINFFAZ registrou todas as audiências públicas e irá disponibilizar na integra os debates, para que os Gestores tenham conhecimento da importância desta discursão e as repercussões iminentes que esta PEC pode trazer à Administração Tributária e as carreiras que compõem atualmente o Fisco de Minas Gerais.

É imprescindível a participação de todos os Gestores na audiência pública que acontece nesta segunda-feira, dia 18, às 10 horas, no Teatro da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais. A audiência, requerida pelo Deputado Federal Bernardo Santana, a pedido do SINFFAZ e da FEBRAFISCO, é a última oportunidade de demonstrar ao Congresso Nacional a situação caótica e de luta fratricida, promovida pelo corporativismo insano que impera na Administração Tributária de Minas Gerais, comprovando o discurso proferido por seus representantes em cinco Estados pelo país.

Notícias Relacionadas

Assembléia discutirá veto de Lula sobre fraude trabalhista

integrate

Contribuição para Fundo de Reserva

integrate

Cargo em comissão pode ser exonerado a qualquer tempo

integrate