Sinfazfisco – MG
Arquivo

Sinffaz Itinerante – Divinópolis

No dia três de outubro, sábado próximo passado, aconteceu em Divinópolis outro evento do Sinffaz Itinerante, mais um sucesso absoluto!
Veja as fotos do Encontro:
http://www.sinffaz.org.br/galeria.php?page=ViewGaleria&idGaleria=73
Conforme programação o evento se iniciou com um farto café da manhã, momento em que os Gestores vindos de outras localidades puderam se reencontrar, colocarem os assuntos em dia ou mesmo se conhecerem.
Às 09h30min, o anfitrião Geraldo deu as boas vindas aos cinquenta colegas presentes, dentre eles colegas aposentados que participaram com muito interesse. Em ato contínuo a representante regional, Maria Aparecida Guimarães, reafirmou o motivo do encontro, agradeceu a presença de todos e apresentou o senhor Ranniere Siqueira Dantas, representante da Asseminas e membro do Conselho Fiscal desta Instituição e Paulo César Marques da Silva, presidente do Sinffaz.
Ranniere fez uso da palavra comunicando que estava representando o presidente da Asseminas, Raimundo Lustosa Filho. Em seguida, apresentou as justificativas que motivaram ausência deste, e informou sobre os Planos de Saúde e de Seguros oferecidos pela Asseminas. Demonstrou a vantagem de fazer parte dos mesmos, inclusive dando testemunho de utilização de ambos e que está muito satisfeito pela qualidade e agilidade no atendimento. Comentou também sobre a Colônia de Férias da Associação, discorrendo sobre a sua estrutura, qualidade, tranquilidade e excelente localização, convidando todos a conhecerem e usufruírem da Colônia.
O Presidente do Sinffaz, Paulo César Marques, iniciou sua fala com um breve relato de sua trajetória na Secretaria de Fazenda, narrando as experiências que adquiriu nestes vinte e dois anos de casa. Falou sobre os fatos que o levou a presidência do Sindicato e sobre a importância da Categoria para a Fazenda.
Ao se referir à carreira do Gestor Fazendário citou exemplos de como se dava a evolução antes da Lei de Carreira, e que o instituto da apostila era o objetivo de todos como forma de garantir melhores salários. Hoje temos uma nova realidade, foram implementadas mudanças que trouxeram perdas e para evitá-las, melhorando assim, o salário base, é necessário a participação de todos os Gestores, os quais devem se sindicalizar e sair da zona de conforto para colaborar com o futuro da Categoria.
O Projeto foi apresentado e foram feitos esclarecimentos sobre sua importância, legalidade, moralidade e ética. Ressaltou-se que das vinte e sete Unidades da Federação apenas Minas Gerais ainda não implantou tal Projeto, o qual tem por objetivo propiciar o aumento da arrecadação, e a justiça fiscal e social através do controle fiscal.
Após a CF/88 os 26 Estados ampliaram o lançamento para todos os ocupantes do QTFA aproveitando melhor esta mão-de-obra especializada, utilizando desta ferramenta para promover a Justiça Social, objetivo maior de Governo.
O Projeto apresentado ao Secretário de Fazenda propõe atribuições concorrentes e não retira qualquer servidor do atual local de trabalho, apenas sugere melhor aproveitamento da mão-de-obra existente nos quadros fazendários de acordo com a sua função.
Foi informado que o Projeto se encontra no sítio do Sinffaz, www.sinffaz.org.br, sem necessidade de senha de acesso, para que todo servidor ou cidadão possa conhecê-lo e discutí-lo abertamente.
Em fase de impressão, 4.000 exemplares da revista criada pelo Sinffaz, que trás a síntese do Projeto, serão distribuídos a todo Gestor Fazendário da ativa ou aposentado, sindicalizado ou não, e também aos pensionistas com o objetivo de facilitar, e incentivar toda a Categoria a estudá-lo e discuti-lo, para que saibam se posicionar quando participarem de debate referente ao assunto, defendendo-o em qualquer fórum.
No encontro também discutiu-se sobre a importância da sindicalização e participação de todos os Gestores, ativos, inativos e pensionistas, que a força de um sindicato está diretamente relacionada ao percentual de sindicalizados. E todos os Gestores Fazendários foram conclamados a se sindicalizarem, e os colegas sindicalizados a incentivarem outros Gestores que não puderam estar presentes a se associar.
Todos os Gestores presentes entenderam a importância e a grandeza do Projeto para a classe e para a sociedade mineira, bem como a participação pessoal de cada um, que é essencial. Ressaltou-se também a importância de que políticos sejam indicados para que o Sindicato entre em contato e busque o apoio necessário para o desenvolvimento do Projeto.
O Presidente levou ao conhecimento dos presentes que o Sindifisco enviou Newsletter para os colegas Auditores, na última quinta-feira, na qual informava ter recebido dois e-mails anônimos com ofensas à categoria. Paulo César Marques posicionou-se afirmando que o Sinffaz, em nome de toda a Categoria repudia tal atitude. “Manifestações com tal conteúdo é repugnante, considero-a covarde, não coaduna com as ações desenvolvidas pela Categoria e não contribui com os nossos objetivos, os quais são claros, públicos, sem conotação de oportunismo e alicerçado nos interesses públicos”, declarou o Presidente.
Aproximadamente às 12h30min, após manifestações de apoio dos presentes, o Presidente encerrou a palestra em um ambiente muito positivo. Todos se mostraram extremamente motivados e seguros de que o Projeto do Sinffaz é factível, justo, legal, ético e que trará dentre muitos benefícios o fortalecimento da categoria e das 150 AF’s espalhadas por todo o Estado. É a oportunidade de servir mais efetivamente a sociedade mineira, contribuindo de forma positiva para que Minas Gerais alcance, em seus 853 municípios, a justiça fiscal e social. Mostrando que é possível aumentar a arrecadação sem aumentar tributos e, permitindo às Micro e Pequenas Empresas, um solo fértil e justo para desenvolverem suas atividades e contribuírem para que aqui, em Minas Gerais, seja o melhor lugar do País para se viver.
O evento terminou com muita confraternização e um delicioso almoço proporcionado pelo colega Geraldo e sua esposa Maria Geralda.

Notícias Relacionadas

Obrigado, Toninho!

Nínive Ramos

Terceirização em pauta

integrate

Cones se reúne para debater Estatuto do Servidor

integrate