Sinfazfisco – MG
Arquivo

SINFFAZ cobra providências quanto à denúncia de assédio moral na DF/Uberlândia

O SINFFAZ, representante legal e histórico de Gestores e Auditores Fiscais, entregou em mãos na reunião do dia 21 de julho do corrente ano, o ofício n.º 072/2014 ao Senhor Secretário de Estado de Fazenda, Leonardo Colombini, solicitando providências em relação à grave denúncia de assédio moral cometido contra dirigentes sindicais e Gestores do Grupo de Fiscalização, Arrecadação e Tributação em exercício na DF/Uberlândia.

Entenda o Caso:

Os Gestores em exercício na DF/Uberlândia, ocupantes de cargo cujo dever é desenvolver as atividades essenciais ao funcionamento do Estado, próprias da Administração Tributária, por isto, submetidos ao regime de dedicação exclusiva, estavam sendo obrigados a exercer serviços de estafetas.

O Presidente do SINFFAZ, Marcus Vinícius Bolpato e o Diretor Jurídico do SINFFAZ, Unadir Gonçalves Júnior, se reuniram com a delegada responsável pela DF/Uberlândia, Sra. Mara Cruvinel, e com base no Art 9º da lei de assédio moral, que dispõe que Sindicato e Administração devem atuar juntos no combate ao assédio moral, lhe relataram o caso de Gestores na delegacia que chefia estarem sendo obrigados a desenvolver atividades de estafetas e propuseram uma ação conjunta.

Infelizmente, a delegada, não só não aderiu à proposta de ação conjunta, como convenceu ao Superintendente Regional, Samuel Feliciano de Queiroz, a expedir ordem de serviço transferindo os Gestores, vítimas de assédio moral, para a AF/Uberlândia.

Diante disso, no ofício supramencionado, o SINFFAZ comunicou o Secretário de Estado de Fazenda, Leonardo Colombini, esse grave assédio moral cometido contra os Gestores da DF/Uberlândia. Solicitou providências como a abertura de PAD contra a delegada e o Superintendente Regional e a revogação das malfadadas ordens de serviços.

A diretoria do SINFFAZ, sempre diligente na defesa dos direitos dos seus filiados e diretores, se mantém vigilante, atuando com total prioridade nesse gravíssimo caso de assédio moral contra o centenário cargo de Gestor/Exator/Coletor, cargo que significa a própria história da Secretaria do Estado de Fazenda de Minas Gerais.

Clique aqui e leia o Ofício na íntegra.

Clique aqui e leia na íntegra a denúncia apresentada o Secretário Colombini

Notícias Relacionadas

Início do ano é marcado por reuniões

integrate

AVISO Nº 196 – INSCRIÇÕES ABERTAS

integrate

Iniciativa para criar cargos é do Executivo diz STF

integrate