Sinfazfisco – MG
Arquivo

Mais um curso vedado ao Gestor Fazendário!

O corporativismo, sob a coordenação da cúpula da receita (Pedro Meneguetti, Gilberto Ramos e Superintendentes Regionais) está indo nas maiores Administrações Fazendárias, nas Delegacias Fiscais ou em visita às Regionais, reunindo com os Gestores Fazendários, sempre com o objetivo único e coordenado de desestimular o Gestor Fazendário em relação às suas legítimas aspirações, que são:
 
 
– A implementação do Projeto de Incremento da Receita, que é realidade nas demais Unidades da Federação;
 
– O reconhecimento profissional e financeiro da Categoria;
 
Como medidas para extirpar a Categoria de Gestor Fazendário do âmbito da Secretaria de Estado de Fazenda estão promovendo:
 
 
– O esvaziamento das funções desenvolvidas nas AFs;
– A subutilização dos colegas, mormente nas DFs e DFTs;
– A falta de treinamento para a categoria;
 
Não vamos aceitar estas imposições, o jugo, este massacre psicológico, a retirada de funções e a campanha que fazem junto aos colegas que são profissionais responsáveis, bem formados, de atividade típica de Estado e dedicação exclusiva.
 
Há pouco tempo, juntos, vencemos a batalha pelo não fechamento das AFs, o qual estava previsto para o início da Gestão deste Governo.
 
Com dedicação, luta e união, fizemos com que fossem nomeados centenas de Gestores Fazendários, contrariando as declarações, do então Secretário de Fazenda – Simão Cirineu, que  informava não acontecer mais qualquer nomeação naquela gestão de Governo.
 
Em atitude covarde, se valendo de Projeto de Lei que tramitava na Assembleia Legislativa, em surdina, foi inserido um inciso com a finalidade de retirar os Gestores Fazendários do âmbito da Subsecretaria da Receita. Essa medida nos aniquilaria de vez, condenando-nos ao quadro geral do Estado. Porém, mais uma vez, com a união da categoria, vencemos!
 
Atualmente, como se não bastassem às atrocidades acima citadas, a cúpula exclui os Gestores dos cursos preparatórios aos quais tem o direito assegurado por lei, e oferece tais cursos de formação, exclusivamente aos Auditores (conforme matéria abaixo) para, assim, ter mais argumentações na tentativa de demonstrar nossa insignificância.
 
Vamos reagir! A nossa história somos nós que escrevemos. Vamos nos envolver agora, lutar para termos um amanhã melhor ou então ficar covardemente aguardando o nosso fim, omissos, e teremos o resto de nossos dias para nos lamentar.
 
O Sinffaz espera a reação, a indignação de cada Gestor Fazendário em relação aos acontecimentos, às atrocidades e indiferente a qualquer ameaça possamos lotar a Praça da Assembleia Legislativa, no próximo dia 15 de junho, com 1500 pessoas.
Organizem-se! Participem!
 
Veja abaixo a matéria sobre o curso:
 
“Curso de Técnicas de Cobrança para Auditores Fiscais

Publicação – 23-05-2011 10:01
 
Foi realizado, no dia 17 de maio, o primeiro Curso de Técnicas de Cobrança para Auditores Fiscais
Em uma iniciativa conjunta da Superintendência de Arrecadação e Informações Fiscais – SAIF e da Superintendência de Fiscalização – SUFIS, teve início no dia 17 de maio, no Auditório do Anexo II, o primeiro Curso de Técnicas de Cobrança para Auditores Fiscais. Na abertura, os Superintendentes Maria do Carmo Silveira Nascimento (SAIF) e Luiz Fernando Siqueira Pinto (SUFIS) e o Diretor Leonardo Guerra Ribeiro (DICAC/SAIF) enfatizaram a importância do trabalho de prevenção e redução de litígios na recuperação da receita tributária e apresentaram os bons resultados da cobrança administrativa alcançados nos últimos três anos.
 
O evento, que contou coma participação de Auditores Fiscais das SRF Belo Horizonte, Contagem, Divinópolis, Ipatinga e Varginha, encontrou forte receptividade junto a seu público, demonstrando uma importante mudança na cultura da fiscalização mineira que compreende melhor o atual papel do Auditor Fiscal, com uma amplitude muito superior à da isolada formalização do crédito tributário.
 
Este curso de capacitação, coordenado pela equipe da Superintendência de Recursos Humanos da SEF, conta com o apoio dos instrutores José Daniel Moura de Sousa da DF Varginha e Sidney Pimenta Alvim da DF Uberaba, além da Assessora Rosangela Amaral da SRH, que ministram o curso.
Nessa primeira etapa do treinamento serão realizados, nos meses de maio e junho/2011, oito eventos com turmas de 25 auditores, das quais três ocorrerão no interior (Juiz de Fora, Uberaba e Varginha) e cinco em Belo Horizonte.”
  
 

Matéria restrita!
É proibida sua impressão, envio por e-mail ou qualquer outro tipo de divulgação.
 
 

 
 

Notícias Relacionadas

Sinffaz reúne-se com o Governo

integrate

Editais de Convocação

integrate

QUER VER CUMPRIDA A LEI? VÁ PARA A JUSTIÇA

integrate