Sinfazfisco – MG
Arquivo

Apois à Candidata

Aos filiados do SINFFAZ e associados da ASSEMINAS

Avaliando a importância dos Técnicos de Tributos Estaduais e dos Gestores Fazendários terem uma representação na Assembléia Legislativa, bem com os demais filiados destas entidades, nos últimos 60 dias temos mantido contato com diversos candidatos ao mandato de Deputado Estadual.

Nosso objetivo é analisar o conteúdo das propostas dos candidatos do ponto de vista do interesse público, bem como de aspectos ligados ao ambiente de trabalho dos servidores públicos, em especial, dos funcionários da Secretaria de Estado de Fazenda, bem como dos interesses de nossos filiados e associados.

Recebemos a visita de todos os candidatos servidores da SEF e também de outros que têm propostas de trabalho vinculadas à atividade de Administração Tributária. No dia 03 de setembro, em reunião conjunta das diretorias da ASSEMINAS e SINFFAZ foram feitos relatos desses encontros, momento em que fizemos uma avaliação de todos os contados mantidos e foi tomada a decisão de encaminharmos essa correspondência aos filiados e associados, apresentando o nome de GLÁUCIA BRANDÃO para ser apreciado.

Ela é viúva do saudoso deputado EDUARDO BRANDÃO, responsável por conquistas importantes para a categoria de Técnico de Tributos Estaduais, principalmente a exigência legal de curso superior para investidura (Lei nº 13.409, de 21 de dezembro de 1999). EDUARDO BRANDÃO sempre com prontidão assumiu a representatividade de nossas bandeiras históricas perante o Poder Executivo, sendo também uma sentinela no Legislativo em projetos de leis ou emendas de interesse da categoria.

Com sua convivência junto a servidores públicos estaduais e, em especial, aos nossos filiados e associados, passou a ser um conhecedor das questões relativas à Secretaria de Estado de Fazenda, sendo um defensor legítimo da Carreira Única para os servidores do Quadro de Tributação, Fiscalização e Arrecadação e valorização das atribuições dos Técnicos de Tributos Estaduais.

GLÁUCIA BRANDÃO, mesmo tendo sua participação política específica na área da educação sempre foi atuante ao lado de Eduardo em seu projeto político, assumindo compromisso de dar continuidade aos seus projetos junto aos Técnicos de Tributos Estaduais e Gestores Fazendários, em defesa de Carreira Única e valorização das atribuições legais, já tendo iniciado articulações políticas para reabertura de um canal de conversação com o atual governador e futuro vice-governador para encaminhamento de nossos pleitos.

Além disto, ao avaliarmos o trabalho comunitário de GLÁUCIA BRANDÃO, tanto à frente da Secretária de Educação do Município de Ribeirão das Neves ou na Presidência da APAE Minas Gerais, constatamos a sua real preocupação com os mais carecedores de representatividade, mesmo não tendo ainda um mandato eletivo.

GLÁUCIA BRANDÃO é cristã comprometida com a JUSTIÇA e a ÉTICA. É professora aposentada da UFMG, doutora em Educação pela Universidade de Wisconsin-Madison/USA. Assumiu compromisso de defender a melhoria da qualidade de vida dos mineiros, através da iniciativa e apoio a projetos nas áreas de educação, esporte, lazer, saúde, infra-estrutura, saneamento básico, desenvolvimento sustentável, geração de trabalho e renda.

Seu perfil pessoal e político e sua história de vida condizem com nossos compromissos históricos de construção de uma Secretaria de Estado de Fazenda justa e leal aos anseios da nossa categoria e da sociedade mineira.

Por tudo isto, conclamamos a você, associado da ASSEMINAS e filiado do SINFFAZ, a ser um multiplicador do nome de GLÁUCIA BRANDÃO – 23723. Sua eleição interessa diretamente aos Técnicos de Tributos Estaduais e Gestores Fazendários, à comunidade fazendária, aos servidores públicos estaduais, bem como todos aqueles que precisam voltar a acreditar em uma representatividade política com ética e compromisso social.


Raimundo Lustosa Filho Diva Maria de Castro Jannotti
Presidente do ASSEMINAS Presidente do SINFFAZ

Notícias Relacionadas

Planejar para evoluir!

integrate

Edital de Convocação para a 55ª Assembleia Geral Extraordinária

integrate

O porquê da mobilização dos Gestores

integrate