Sinfazfisco – MG
Ações Coletivas Jurídico

AÇÃO COLETIVA – GEPI ESCALONADA

1 – DESCRIÇÃO:

Ação coletiva, ajuizada pelo SINFFAZFISCO, em nome dos seus representados, que visa corrigir as distorções criadas pelo Decreto que regulamenta a atribuição e o pagamento da GEPI (Gratificação de Estímulo à Produção Individual), em função da discriminação dos limites trimestrais máximos em razão da posição funcional do servidor.

 2 – FUNDAMENTOS:

A GEPI (Gratificação de Estímulo à Produção Individual) vem sendo paga de forma ilegal e inconstitucional.

A parcela é atribuída através de quotas e, ainda, em conformidade com os LIMITES TRIMESTRAIS MÁXIMOS estabelecidos nos regulamentos.

Todavia, o Poder Executivo Estadual inovou a lei ao estabelecer diferenciação no seu pagamento em razão da posição funcional do servidor na carreira.

Pelas inovações do Decreto n°. 46.284/2013, os servidores ocupantes do cargo de Gestor Fazendário passaram a ser discriminados, já que passaram a receber, desde o início do quarto trimestre de 2014, valores diferenciados a título de GEPI, conforme sua posição funcional na carreira, em contrariedade à natureza jurídica da parcela e das disposições legais e constitucionais aplicáveis à espécie.

3 – DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA:

Não será necessário que o filiado envie documentação, haja vista se tratar de ação coletiva, em que o SINFFAZFISCO figura como autor, enquanto substituto processual dos seus representados.

Notícias Relacionadas

EXECUÇÃO – AÇÃO COLETIVA – CONTRIBUIÇÃO SOCIAL – APOSENTADOS E PENSIONISTAS

integrate

AÇÃO COLETIVA – PROMOÇÃO E PROGRESSÃO NA CARREIRA – TEMPO DE ESTÁGIO PROBATÓRIO

integrate

PROCESSO ADMINISTRATIVO PARA ACERTO DE CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA RECOLHIDA A MENOR

integrate